Tommasi Analítica apoia Congresso de Cromatografia e Espectometria de Massas

O Tommasi Analítica foi uma das empresas apoiadoras do I CROMASS – Congresso de Cromatografia e Espectrometria de Massas, que foi realizado no início de novembro, na Universidade de Vila Velha (UVV). O público-alvo foi formado por estudantes, pesquisadores e prossionais da área.

O congresso teve duração de oito horas e o coordenador do projeto foi o Dr. Rodrigo Scherer. A cromatografia e a espectrometria de massas ocupam atualmente, o lugar mais importante no cenário analítico mundial. Essa técnica analítica possui alta sensibilidade e e ciência necessária para realizar análises quantitativas de praticamente qualquer tipo de substância orgânica, desde as mais simples até as mais complexas.

O evento reuniu especialistas para realizar a transferência desse conhecimento aos participantes e tem como objetivo auxiliar na formação de alunos de graduação e pós-graduação, bem como na atualização dos conhecimentos de professores e prossionais que atuam nessa área.

Colaboradores do Tommasi Analítica participam de renomado Congresso em Brasília

O analista científico do Tommasi Analítica, Otávio Heringer, foi um dos representantes da empresa no Encontro Nacional de Química Ambiental (ENQAmb), realizado em Brasília. Criado em 1990 e retomado em 2003, o evento tem sido realizado bianualmente desde sua terceira edição em 2006, reunindo profissionais, pesquisadores e estudantes de química e áreas afins que compartilham interesse no desenvolvimento de estudos relacionados ao Ambiente.

A participação do laboratório ocorreu por meio de exposição em banner de trabalho desenvolvido internamente. O título foi “Expressão da incerteza de medição na análise de metais e demais elementos em amostras ambientais por ICP-OES”. Além de Otávio Heringer, o trabalho contou com a participação dos colaboradores: Joice Tozetti, Patrícia Wigner e Rosiene Pires.

“Este trabalho reforça a importância dos procedimentos de qualidade adotados pelo Tommasi Analítica e a confiança metrológica de ensaios
acreditados pela NBR ISO/IEC 17025. Além disso, a inserção do laboratório em eventos científicos é fundamental, uma vez que posiciona o laboratório no que está sendo desenvolvido no meio acadêmico”, disse Otávio Heringer.